Apelo cristão

Sebastião Anselmo

de Santa Rosa de Viterbo, SP

Há exatos dois mil anos, pela contagem oficial, debruça-se o mundo ocidental sobre as páginas dos Evangelhos que narram a história de Jesus de Nazaré tentando inspirar-se nos seus ensinamentos a fim de estabelecer uma sociedade mais justa e pacífica; entretanto, apesar de todos os esforços persistem guerras e conflitos, tais como um câncer social de difícil tratamento.

Acreditamos que o sucesso no estabelecimento de uma sociedade realmente cristã reside na reforma interior de cada indivíduo e na adaptação dos ensinamentos MORAIS de Jesus à sua própria existência: ao longo dos séculos temos empregado o nosso tempo na conversão dos OUTROS e sendo demasiadamente tolerantes com os NOSSOS próprios deslizes.

Enquanto o Oriente ensina nas suas doutrinas o desapego dos bens materiais e o respeito de TODAS as formas de VIDA, o Ocidente caminha a passos largos ao encontro do CONSUMISMO extremado que animaliza os instintos e banaliza os valores morais, criando competições absurdas onde o TER se torna mais importante que o SER. E os vendilhões do Templo continuam VENDENDO as coisas SANTAS e aumentando sempre MAIS o seu poder TEMPORAL: pobres cegos que guiam outros cegos... JESUS ensinou "NÃO JULGAI" mas nunca foi CONIVENTE com a HIPOCRISIA.

Mas sempre resta uma ESPERANÇA! Nos pórticos deste Terceiro Milênio reflitamos melhor nos ensinamentos dAquele que se apresentou como sendo o Caminho, a Verdade e a Vida e, tal como nos ensinou o Batista, MERGULHEMOS para dentro de NÓS MESMOS e procuremos AQUELE que habita dentro de nós e nos sustém a VIDA e digamos a NÓS MESMOS: "Convém que ELE cresça e EU diminua". Se isto não mudar a SOCIEDADE em que vivemos, pelo menos UMA coisa é certa: NÓS TEREMOS MUDADO, E PARA MUITO MELHOR!

Que a DIVINA PRESENÇA possa brilhar no coração de todos os homens e mulheres de BOA VONTADE!

(Jornal Verdade e Luz Nº 174 de Julho de 2000)